Emoções em Tempos de Coronavirus

Como lidar com as emoções de seus colaboradores

Quase toda criança um dia brincou de projetar imagens com as mãos na parede. Era uma brincadeira que nos encantava e às vezes, nos movia a competir para ver quem criava figuras mais interessantes, e a que mais prevaleciam era as de monstrinhos e bicho-papão.

Naquela época, experimentávamos o medo em sua mais singela forma de expressão. Nossa imaginação era capaz de criar coisas, gerando emoções e sentimentos de medo. Hoje nossos monstros são mais complexos, intangíveis e incompreensíveis. Eles assolam nossa porta em plena luz do dia, invadindo nossa vida imperceptivelmente, sem que os tenhamos criados em nossa imaginação. Hoje nossos medos são bem reais, têm um genoma conhecido e se chama Covid19.

Há medo real de adoecer, de pegar o vírus e de passar para alguém a quem amamos; há medo de perder o emprego, de como manter a subsistência em face da diminuição da renda familiar, de como lidar com os problemas domésticos e com os novos desafios profissionais. Tudo coexiste dentro de nós. Tudo está presente dentro de cada indivíduo, de cada colaborador de sua organização.

É necessário compreender isso, entender que estamos todos vulneráveis, com sentimentos e emoções de raiva, insegurança, frustração e ansiedade. Esses sentimentos tiram nossa capacidade de raciocínio lógico e podem provocar conflitos em nossas relações domésticas e familiares, com colegas de trabalho, colaboradores e gestores, afetando nosso desempenho, nossa produtividade. Isso afeta sua organização.

Além disso, quase todos estão trabalhando remotamente, em home office. O trabalho invadiu o lar e o lar invadiu o trabalho, eliminando a já tênue separação entre os dois. Não houve tempo de treinar e educar seus colaboradores e gestores a lidar com esse cenário.

Como abordar as emoções e desafios de seus colaboradores? Como treinar gestores a lidar com isso?

É possível ter uma atitude proativa e de escuta, sem envolver-se demasiadamente em questões domésticas, mas dando espaço para o diálogo e a compreensão. Líderes empáticos e assertivos estão mais preparados para apoiar, suprir necessidades, escutar e promover vínculos e conexões com sua equipe de maneira a promover confiança, comprometimento e bons resultados.

Saiba mais conhecendo nossos programas de desenvolvimento de líderes, incluindo gerenciamento à distância . Podemos auxiliar sua organização a superar esses desafios.  

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Posts Relacionados

Comunicação

Comunicação Não Violenta

Uma das funções principais de um líder é obter bons resultados através de suas equipes. Para isto, é necessário comunicar de maneira clara e objetiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alcance Todo Potêncial Humano da sua Empresa

Fale Conosco